Ela aprendeu a se virar sozinha



tumblr_lxpuudowjz1qg3uj6o1_500_large

Cansada de tantos tombos que a vida lhe proporcionou, resolveu mudar

Colecionadora de histórias tristes, quis renovar

Depois de tantas lágrimas derramadas, fez questão de apagar

Apagar memórias inúteis, de um tempo que não vai voltar

De tudo que viveu, fez questão de lembranças boas guardar

Mas, jamais nas lembranças se apoiar

Sabia ela que se usasse as tais lembranças, sua mente uma peça podia lhe pregar

Quem poderia em lembranças confiar?

Poderiam elas ilusão proporcionar?

Garota esperta, fez de sua dor, um alento

E do fundo do poço, viu a solução de todo sofrimento

Hoje sabe se virar sozinha, não procura mais nos outros o que nela já tinha

Uma força que ela não sabia, mas que no fundo ela possuía

Quem lhe vê hoje não consegue enxergar

O que lhe fez forte pode até te fazer chorar

Não foi nada bonito, nem legal de se dizer

O que estou dizendo?

Nunca será belo o ato de sofrer!

Mas ela aguentou calada, não fazia barulho nem nada do tipo

Preferia ficar em seu canto, procurando algum sentido

Que hoje ela sabe o que lhe aguardava, tal força que nem ela imaginava

Garota ligeira, hoje sabe se virar, pois se ergueu de tal maneira que é de se admirar

Traz na mala noites frias em que ela não podia dormir

Atormentada por pensamentos que insistiam em existir

Talvez quem a vê hoje, chegue ao ponto de julgar

Mas, não sabe que certa frieza teve motivo para se dar

Karina Boldoro

Um comentário sobre “Ela aprendeu a se virar sozinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s