Comece em você a mudança que você procura nos outros



Aaaah a vida… Chega a ser engraçado quando paro para analisar as coisas, pessoas e situações que me rodeiam, é até meio sem sentido, mas ao menos uma vez a cada semana, me vejo enxergar o mundo lá da plateia e o mais incrível é a capacidade que encontro de as vezes assistir à minha própria vida e ficar analisando cada pedacinho vivido ou então simplesmente viajar em momentos ou pra perto de pessoasn2Parece paranoia ou conversa de gente “velha”, apesar da pouca idade, não nego que tenho a nostalgia em meu sangue, mas é dessa forma que me sinto viva e mais forte e acredito que todos deveriam ser mais analíticos com suas respectivas atitudes, poxa, isso é tão saudável! Oras, isso não devia ser algo tão raro, pois faz um bem tremendo, auto avaliação gera frutos imensuráveis. Porém, essa não é uma realidade para muitas pessoas, porque uma vez que elas desenvolvem um bloqueio para a autocrítica, acabam desenvolvendo um baixo nível de tolerância para com as críticas externas e isso prejudica muito o desenvolvimento da pessoa, sem falar o quanto pode ajudar a quem recebe essa crítica em relação a seu crescimento. tumblr_lqm3nsPTg91qm6fbho1_500 Pode parecer que estou pregando o ato de abrir os ouvidos para o mundo e esquecer a própria visão,  mas não, longe de mim pregar essa maluquice, tanto que eu mesma sou bem alheia às pessoas que não me “agregam”, mas todos nós sabemos que existem aqueles que devemos dar um pouco mais de atenção, muita das vezes um toque ou outro que você recebe, podem te ajudar a melhorar alguns pontos individuais. Sempre procure não somente olhar pro físico, mas também olhe pra dentro de si e avalie se tudo está em ordem e acredite, sempre há algo a ser melhorado, não existe perfeição no ser humano, porém existe possibilidade de aprimoramento.  Enxergo as pessoas com suas vidas cheias de “vida” ou nem tanto assim, reparo no senhor que cede lugar para uma moça ou uma moça que continua sentada sem ao menos se incomodar com o mundo externo, olhar para o lado e enxerga o outro como semelhante e o tratar como quer ser tratado, está ficando raro e usando o cliché (pra variar, rs), comece em você a mudança que você procura nos outros.

Karina Boldoro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s