Carta escrita por alguém que transborda em si mesmo


tumblr_lgxcc0SImL1qemox5o1_500Não. Eu não quero desabafar sobre sentimentos, injúrias e problemas que você já conhece. Não quero entrar em detalhes sobre meu jeito, meu modo de encarar as coisas, afinal você conhece cada centímetro do meu ser – mesmo negando- desde o físico até o psicológico. Não preciso te contar histórias, nem te fazer acreditar em palavras que saem de minha boca aos montes. Já disse que não preciso procurar razões, quando a minha principal razão é tão nítida quanto água, a qual sei que um dia foi a mesma que a sua. Preciso somente te dizer que seu silêncio me machuca e me deixa mais perdida do que quando olho pra dentro de mim mesma e encontro dúvidas intermináveis. Fico tão endoidecida, que posso até perder a sanidade por momentos. Perco o chão. Não o vejo… Mas, depois que as coisas esclarecem, minha vista retorna, passo a enxergar o mundo de outra forma, sinto que preciso esperar. Esperar por algo ou por alguém?! Não sei e nem é minha preocupação no momento. tumblr_lo54v7b5HL1qgl3s5o1_500A ânsia é por respostas que não precisam ser tão certas assim. Não tem necessidade de existir uma certeza, pois a ilusão tem sido um alimento pra mim a um tempo, o que tem continuar dessa forma? Só peço que me encontre ao menos em sonhos para que façamos real momentos que eram nossa realidade. Te peço mesmo sabendo que posso não ser atendida, não deixe nada que foi dito, feito e planejado ser jogado ao léu. Você sabe do que falo. Sem mais, faça aquilo que te for conveniente, não vou mais pedir para que fique, isso é muito claro para mim e para você, desde o primeiro beijo, primeiro toque, primeira troca de juras, que peço que você fique. Hoje o máximo que peço é que considere o que vivemos e pense bem antes de tomar qualquer decisão. Me grite quando for preciso, me chame quando quiser, garanto que estarei aqui, esperando pelo seu chamado. Não me chame de dependente ou de coisa parecida, meu modo de amar é confuso, assumo, mas é sincero! Muitos julgam meu modo de levar as coisas, mas sou do tipo que quando algo quebra, eu penso em concertar, não em jogar fora. Lembra ? Minha vida pela sua?! No todo, espero que seja feliz e continue com essa mania linda de encarar as coisas do mais simples modo e eu continuarei aqui aguardando o dia que conseguirei entender meus conflitos.

Karina Boldoro

2 comentários sobre “Carta escrita por alguém que transborda em si mesmo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s