Ninguém é inteiro sozinho


Num dia cinzento digno de um copo de Whisky, cobertores aos montes e uma preguiça abstrata, faltava algo… Saber o que era nem me atrevia, nunca fui o cara mais atento para coisas do coração, não era parte de minhas habilidades compreender sentimentos, mas naquele dia tudo estava diferente. Ficara meio perdido dentre os cômodos da minha casa a procura daquilo que deixara meu peito tão apertado.  Não encontrava beleza na solidão, como em dias comuns de minha rotina. Num instante pensei ser sono ou talvez quem sabe preocupação com alguns de meus muitos problemas, mas sabia que aquele dia não eram minhas dívidas, angustias ou atribulações familiares, os responsáveis pela condição em que me encontrava. Faltava algo. Nem eu sabia. Mas a solidão bateu forte. Em busca, talvez, de coisas que em outros tempos me via bem com a ausência. Fui ligando os pontos, entendendo os conflitos internos e então percebi, ninguém é inteiro sozinho. Todos nós precisamos mais do que a nós mesmos. Entendi naquele dia que um colo as vezes cai bem – eu falando isso, chega a assustar volto a exclamar minha ausência de emoção e atenção para coisas ligadas a sentimentos – mas percebi naquele instante minha abstinência de um “alguém”. Resolvi então procurar na lógica uma possibilidade de fugir daquela monotonia interna que passara. Não encontrei nada suficientemente bom para me suprir. Me conformei e enfim percebi a incapacidade de vivermos sós. Fato esse que vivi a vida toda crendo ser o melhor caminho, mas não era.

Karina Boldoro

2 comentários sobre “Ninguém é inteiro sozinho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s