Certa vez quis sumir…


Vez em quando a vontade de sumir é maior que tudo, depois em alguns momentos a vontade de viver supera. Outras vezes quero tudo que tiver ao meu alcance e até o que não está, em outras só quero um cantinho silencioso para eu repousar minhas lamúrias. Sou o mais e o menos, unidos de…

Agora é comigo!


Trabalho com inteiros, nunca fui de meio termo, de “cima do muro”, não consigo enganar a quem me quer bem e àqueles que querem o contrário, procuro usar de minha moral para destruir seus ideais de forma que não precise sujeitar minhas mãos ao ato. Não consigo por muitas das vezes dizer “não”, não posso…

Tomando as rédias da situação


Às vezes me surpreende o modo e a rapidez que as coisas se dão quando a gente resolve tomar as rédeas da vida. Tudo começa a fazer mais sentido e o que era difícil de explicar, a gente aprende a entender. Começamos a enxergar o mundo e as pessoas de um modo diferente, vemos que…

Ela escolheu ser feliz…


Ela escolheu ser feliz. Diante de tanto medo, ela escolheu viver. De saco cheio de regras e de uma vida sem emoção, resolveu encarar o medo, sair nas ruas sem receio e gritar ao mundo ao que veio. Prestes a enlouquecer dentro de um mundo o qual não a pertencia, cravou um rasgo em suas…

Voando alto … pra perto do céu…


 As viagens de trem são tão inspiradoras. Escutando Frejat, imagino mil e uma cenas, lembro de mais umas dez mil e fico aqui viajando nos trilhos das lembranças sonhando e prevendo um futuro tão bonito que não posso nem arriscar em descrever. Melhor deixar aqui dentro, misturados às ideias banais que me perseguem dia pós…

Devíamos


Nós devíamos apagar pessoas que nada nos somam. Devíamos nos amar mais, nos colocarmos em primeiro lugar, devíamos não querer o improvável e desprezar o certo. Devíamos enxergar o próximo como semelhante, mas sempre colocamos nossos desejos acima de tudo e nem percebemos. Devíamos enxergar as coisas, as pessoas de um modo mais verdadeiro, ou…

Tomou a solidão como amiga…


Nas paredes de seu quarto lembranças se teciam em forma de dor Pensamentos a atormentavam deixando-a cada vez mais triste Não haviam mais esperanças para enche-la de ilusões Nem pessoas que pudessem iludi-la Não acreditava mais em contos de fadas Vivia somente sua realidade triste que se limitava ao seu quarto Fez daquele ambiente um…

Ela aprendeu a se virar sozinha


Cansada de tantos tombos que a vida lhe proporcionou, resolveu mudar Colecionadora de histórias tristes, quis renovar Depois de tantas lágrimas derramadas, fez questão de apagar Apagar memórias inúteis, de um tempo que não vai voltar De tudo que viveu, fez questão de lembranças boas guardar Mas, jamais nas lembranças se apoiar Sabia ela que…

Pobre garota


Pobre garota, vive num mundo de fantasias… atormentada pela realidade Faz do cliché um guia e da solidão uma amizade Nada se faz quando o coração se encontra perdido Nada se encontra quando ao redor não existe sentido Ela sonhava acordada uma maneira de se sentir feliz por inteiro Mas mal sabia, que somente ela…

O que fica?


O que fica de um beijo dado na hora da vontade? O que resta de um abraço sem maldade? Um olhar carinhoso? Um carinho gostoso? O que fica? O que fica de uma sensação única, do olho no olho? O que fica quando isso se esvai? O que fica? O que se pode fazer quando…

Lágrimas que queimam …


A gente toma banho na esperança que a alma também seja limpa As lágrimas se confundem com a água que corre pelo corpo O coração implora por socorro enquanto o desespero toma conta de mim Feito droga mergulho na imensa dor e me deparo com uma frieza que não é minha E depois acontece tudo…

Um mês longe de você..


Mais uma vez estou aqui tentando descrever em palavras o que estou sentindo. Hoje faz um mês. Um mês que não posso te chamar de meu, um mês que você saiu de minha vida, rotina, história, um mês que eu não posso mais ter-te como guia, um mês que não tenho mais a liberdade de…

A gente cansa


A gente cansa de engolir o choro e de prender a fala, por que quando o coração começa a doer, não dá para aguentar. Ouvir coisas e ter que aceitar que nada vai mudar enquanto você não renunciar o que você é e acredita, dói saber que tudo isso é fruto de capricho e dói…

Não gosto do que vejo no espelho..


Já sentiu como se nada que você fizesse ou falasse fosse bom pra alguém? Ou que nada que você fale ou pense está correto ao ver das pessoas? Então, tenho me sentido assim a um tempinho já, não consigo entender o porquê de muita coisa que ando sentindo em relação a mim mesma, é como se ser suficiente…

Mente insana


Pode ser carência, pode ser necessidade de um olhar carinhoso dizendo que sou especial, pode ser falta de um abraço sincero, um olho puro, uma conversa construtiva sem meias palavras, sem criticas e sem ninguém querendo ser melhor. Pode ser medo de perder. De se perder em ideias que bagunçam a mente de um jeito……

Paz disfarçada


Cá estou novamente tentando em palavras descrever o que sinto, normalidade tomou conta do meu dia… Tudo passou bem, porém não sei se esse “bem” é certamente bom pra mim, meu coração não dói mais, lagrimas se derramam mais em meus olhos, minha cabeça me traz você, mas isso não mais me prejudica, tudo está…

Desabafo inútil de uma sexta a noite


Sinceramente, sumir é uma opção. Fugir das responsabilidades, esquecer sonhos, tapar os olhos. Esquecer. Seguir em frente, nua de experiências. Cansei! Não sei mais o que pensar o que sentir, sinceramente não quero passar por dificuldades. Sou humana… Tenho sentimentos. Opiniões. Sou de carne e osso, sofro  ao ouvir coisas duras vindas de pessoas importantes… Aqui escrevo com meu interior meio destruído, com pensamentos longínquos e coração apertado… Tenho medo…

Beautiful Moon


Lua Linda, né? Imagino-me no lugar dela… Quieta, parada… Seus movimentos nem sempre percebidos… Tão bela… Iluminada… Tão sozinha… Abandonada… Só fica lá em seu canto… Parece-me que sempre esta à espera… Do que? Não sei dizer, só sei que sua imagem me inspira… Fico a pensar como tão sozinha ainda consegue encantar a todos com…

Aaah que saudade que dá…


Cá estou eu novamente tentando através de palavras, descrever o que sinto, se eu dizer que estou bem, não sei se estaria mentindo. Hoje é domingo, 24 de maio de 2015, e cá estou eu reservada à minha insignificância trazendo à tona nostalgias que não deveriam existir, mas que estão aqui comigo. Domingos, eram os…