Ninguém é inteiro sozinho


Num dia cinzento digno de um copo de Whisky, cobertores aos montes e uma preguiça abstrata, faltava algo… Saber o que era nem me atrevia, nunca fui o cara mais atento para coisas do coração, não era parte de minhas habilidades compreender sentimentos, mas naquele dia tudo estava diferente. Ficara meio perdido dentre os cômodos…

Tomou a solidão como amiga…


Nas paredes de seu quarto lembranças se teciam em forma de dor Pensamentos a atormentavam deixando-a cada vez mais triste Não haviam mais esperanças para enche-la de ilusões Nem pessoas que pudessem iludi-la Não acreditava mais em contos de fadas Vivia somente sua realidade triste que se limitava ao seu quarto Fez daquele ambiente um…

Ela aprendeu a se virar sozinha


Cansada de tantos tombos que a vida lhe proporcionou, resolveu mudar Colecionadora de histórias tristes, quis renovar Depois de tantas lágrimas derramadas, fez questão de apagar Apagar memórias inúteis, de um tempo que não vai voltar De tudo que viveu, fez questão de lembranças boas guardar Mas, jamais nas lembranças se apoiar Sabia ela que…

Não gosto do que vejo no espelho..


Já sentiu como se nada que você fizesse ou falasse fosse bom pra alguém? Ou que nada que você fale ou pense está correto ao ver das pessoas? Então, tenho me sentido assim a um tempinho já, não consigo entender o porquê de muita coisa que ando sentindo em relação a mim mesma, é como se ser suficiente…

Paz disfarçada


Cá estou novamente tentando em palavras descrever o que sinto, normalidade tomou conta do meu dia… Tudo passou bem, porém não sei se esse “bem” é certamente bom pra mim, meu coração não dói mais, lagrimas se derramam mais em meus olhos, minha cabeça me traz você, mas isso não mais me prejudica, tudo está…

Beautiful Moon


Lua Linda, né? Imagino-me no lugar dela… Quieta, parada… Seus movimentos nem sempre percebidos… Tão bela… Iluminada… Tão sozinha… Abandonada… Só fica lá em seu canto… Parece-me que sempre esta à espera… Do que? Não sei dizer, só sei que sua imagem me inspira… Fico a pensar como tão sozinha ainda consegue encantar a todos com…